9ª Meia Maratona dos Palácios

Não estava nos meus planos fazer uma meia maratona antes de Setembro, mas o desafio apareceu por uns amigos com quem tinha feito os 15km do 1º de Maio por isso mesmo sem ter feito uma preparação adequada para correr 21km, siga e depois logo se vê o que acontece, em último caso podia sempre ir a caminhar.

Assim que foi dado o tiro de partida meti um ritmo lento com o objectivo de tentar aguentar o máximo tempo possivel a correr. Resultado deste plano: uns 100metros depois da partida e já ia a ouvir o motor da ambulância atrás de mim. Lado positivo se precisasse de alguma coisa tinha apoio mesmo ali ao pé.

Continuamos a correr em direcção ao Tribunal de Sintra e aos poucos fui-me conseguindo distanciar da ambulância mas já não via praticamente nenhum atleta na estrada, ia sozinho com o Nuno e assim fizemos toda a longa descida do Lourel aproveitando para descansar para a subida que de certeza nos esperava.

Ao Km5 estava o 1º abastecimento, e foi também a altura em que o Nuno ficou para trás e eu segui sozinho, ao contrário de outras provas decidi levar a garrafa de água comigo para ir bebendo / despejando na cabeça para refrescar, o que se revelou uma excelente ideia. Enquanto seguia sozinho comecei a ficar preocupado com o facto de não saber o caminho mas visto que tinha chegado a Recta da Granja não tinha grandes alternativas que não fosse ir em frente debaixo de um sol abrasador.

Depois de uma recta interminável o que aparece a frente? Uma subida também ela interminável até ao Algueirão. No inicio da subida encontro o Bruno que me acompanha durante um bocado, e quase no fim encontro o Sérgio que estava a participar na sua 1ª prova e que estava a ir bastante bem.

Aos 10km novo abastecimento onde aproveitei para levar comigo 2 garrafas de água, nunca tinha despejado tanta agua em cima de mim como nesta prova, estava realmente calor e água sabia bastante bem. Fui com o Sérgio ate ao km12 onde começava a ultima dificuldade do dia, aos poucos ia começando a ver mais atletas na estrada o que era bom sinal para mim começava a ganhar algum terreno, mas ainda faltava muito.

A subida “final” foi bastante dura o cansaço já se começava a acumular e estava a chegar ao meu limite de quilómetros a correr, 15km que tinha feito na corrida do 1º de Maio, dali para a frente seria tudo novidade e não sabia quanto tempo ia aguentar. Por volta do km 14 aproveitei um bocado de terreno mais plano e tomei o gel que tinha levado para se ajudava a fazer os últimos quilómetros.

Do fim da subida até à meta não há muito mais a contar, foi sempre a descer mas nem assim consegui aumentar o ritmo, já me doía tudo, e era só ver os quilómetros a passar, por volta do Km 18 ainda vi o Pedro a minha frente mas não tive força para acelerar e apanha-lo.

Quando entrei no último quilómetro convenci-me finalmente que ia conseguir, tinha superado todas as expectativas e ia concluir a minha primeira meia maratona abaixo das 2h e 30minutos e sem parar de correr, foi sem conseguir parar de sorrir que fiz os últimos 500 metros e cortei a meta.

É complicado explicar o que senti no momento que cortei a meta, ainda hoje custa-me a acreditar que fiz uma Meia Maratona, que corri 21km, foi uma experiência fantástica, muito dura mas sem qualquer dúvida que valeu a pena. como disse um amigo no fórum do mundo da corrida “São sensações unicas, que só aquele que passa por elas, é que sabe dar o valor”.

Em relação a prova, gostei muito do percurso apesar de duro, gostei dos abastecimentos de 5 em 5km. Não gostei de parte do percurso ter de me encostar a berma da estrada para não levar com carros vindos de trás, não gostei de a partir do km14 a carrinha da organização levar as placas com a marcação do km e para finalizar qualquer coisa para beber além de agua no final também era bem vindo, mas pronto por 4€ não se pode reclamar muito o que me chateou mais foi mesmo os carros na estrada.

Resumindo um pouco o texto que já vai muito longo, superei tudo o que tinha previsto para esta corrida, incluindo a mim mesmo, em Janeiro quando comecei a correr não pensava completar uma meia maratona em Maio, não sabia sequer que era capaz de o fazer.

Classificações: Classificações 9ª Meia Maratona dos Palácios

Tracking: Tracking 9ª Meia Maratona dos Palácios

Fotos: Fotos Meia Palacios 1, Fotos Meia Palacios 2, Fotos Meia Palacios 3, Fotos Meia Palácios 4

Classificação Oficial: 717 em 741 atletas com tempo chip 02:21:27 (no garmin registou 02:21:23 para 21.23km)

5 thoughts on “9ª Meia Maratona dos Palácios

  1. Gostei de ler.
    Para mim foi a segunda meia-meia maratona mas esta foi complicada, sem treino, um pouco lesionado e com um calor incrível.
    Fiz 2h1m e a sensação é a mesma… um obstáculo ultrapassado🙂

  2. Boa descrição da prova!
    Segundo alguns habituais nas meias, uma das mais dificeis, com muitas subidas… o que valoriza o desempenho de um rookie … alias dois eu também fiz a estreia nos 21 Km! 😀

  3. Pingback: Balanço 2010 – 2011 « Run Ganfas Run

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s