5ª Corrida São Domingos de Benfica

Passadas quase 2 semanas da realização da prova está na altura de fazer, o relato da mesma. Tinha planeado voltar a correr a um ritmo mais forte na tentativa de me aproximar novamente dos 55 minutos.

O resultado final foi uma desgraça em que nada saiu como eu queria.

Ainda hoje não sei bem o que aconteceu para ter feito a miséria de prova que fiz. Julgo que os problemas começaram logo no dia anterior quando depois de ter abusado ao jantar o meu pai diz “Olha lá, não tens uma corrida amanhã” pois… no fim do jantar já não havia muito a fazer. Para completar em beleza ainda fui sair para  um café com uns amigos e acabei por me deitar só perto das 2 da manhã.

Dia da prova o despertador decide não tocar e acordo só às 8:45 quando tinha combinado estar as 9h em Lisboa. Levantei-me à pressa e só tive tempo para vestir uns calções e t-shirt, calçar os ténis e pegar num cubo de marmelada.

Chegado a Lisboa, estava assim tipo muito frio e eu com as pressas de sair de casa estava só de calções e t-shirt… que bom!

Meio a andar meio a correr fui para o local da partida onde ainda tinha de levantar o dorsal, 5 minutos de espera na fila e fiquei despachado, no entanto estava quase na hora da partida e já não havia tempo para aquecimento.

É dado o tiro de partida e começo bem melhor do que estava à espera. Faço os dois primeiros quilómetros a uma média de 5:20 min / km mas depois sem perceber bem o porquê começo a sentir-me sem força e com as pernas muito pesadas.

O ritmo começa a descer e por volta do Km 3 paro para fazer uns alongamentos, a muito custo volta a estrada e faço mais um quilómetro até parar novamente para alongar.

Volto novamente para a estrada e à medida que me aproximava do Km 5 (que era perto da meta) começo a pensar seriamente em desistir. Foram uns minutos complicados em que estive mesmo vai não vai mas optei por continuar e chegar ao fim nem que precisasse de ir sempre a andar.

Daqui até ao final a corrida não teve nenhum ponto de grande interesse, fui correndo / andando e só no ultimo quilómetro e meio é que me senti novamente melhor e consegui aumentar um bocadinho o ritmo.

Acabei a prova com 01:02:09 um tempo muito acima do que consigo fazer. Apesar de ter sido um dia não e uma prova com desempenho para esquecer até que gostei de participar, tem um percurso totalmente urbano, diferente das ultimas provas que fiz, e que até achei agradável.

Dados Garmin

  • Distancia – 9.99 Km
  • Tempo – 1:02:09
  • Ritmo Médio – 6:13 min/Km
  • BPM Médio – 159

——————————————————————–———————————

Tracking: Tracking Corrida São Domingos de Benfica 2011

Classificação Oficial: 810 / 901 (Tempo Oficial – 01:02:23)

Classificações:

Fotos: 

2 thoughts on “5ª Corrida São Domingos de Benfica

  1. 🙂 Ganfas, este post consegue contrariar tudo aquilo que vem escrito nos ‘manuais’, nas sugestões do que se deve fazer na véspera de uma prova. Entre os cuidados com a alimentação, privilegiando a ingestão de hidratos de carbono, p.e. através de massas, aos cuidados de bem dormir, até aos cuidados de um bom pequeno almoço antes da prova. Poder-se-ia dizer: “estão a ver? Se não seguirem estas sugestões pode acontecer-vos uma quebra como a que vem aqui descrita”. Sim, pode. Mas também já li relatos de quem fez ‘asneiras’ na véspera e que até fez a prova no dia seguinte com alguma normalidade. Ou de outra forma, também não será 100% seguro que fazendo tudo o que é sugerido nos manuais se evite quaqluer problema na prova. A verdade é que todas as provas são diferentes, e o corpo humano, uma máquina que por vezes tem comportamentos estranhos, mesmo as que estão muito bem afinadas. Mesmo assim, entre paragens, alongamentos, caminhadas e vonatde desistir, 01:02:09 foi um registo muito bom. Não sei se essa foto à frente do Zoológico é representativa da totalidade da prova, mas continua a haver o tal défice de assistência empolgada a apludir🙂

  2. Nem mais Luís, é que fiz mesmo tudo ao contrário, se tivesse comido imenso ao jantar e fosse massa, menos mal, mas não até foi logo lombo de porco assado com castanhas e uma batatas fritas. Enfim o corpo estava em dia não e quando assim é… não há muito a fazer.

    Claro que todos esses erros num pós prova afectaram, mas a certo ponto acho que já era também muito psicológico. Alias nos últimos treinos que fiz ainda ando meio “afectado”, parece que só sou capaz de correr metade do que fazia até esta prova.Tenho de voltar a ganhar confiança e motivação para treinar.

    Sim infelizmente a foto é representativa de toda a prova, havia algumas pessoas na rua (poucas) mas aplausos e incentivos nada, é o normal nas provas por aqui.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s