31ª Corrida do 1º de Maio

Apesar de ter sido a minha segunda participação esta é daquelas provas que considero obrigatórias, muito bom ambiente, percurso simpático, boa organização, inscrição barata, são tudo factores que acabam por influenciar e fazer com que esta prova seja bastante concorrida.

Não gosto de levantar o dorsal no dia da prova, obriga-me a levantar mais cedo e não posso deixar tudo preparado de véspera, mas como os horários para o levantamento do dorsal não eram os melhores teve de ficar para o próprio dia, por isso 30 minutos mais cedo que o pretendido lá fui para Lisboa. Deixei o carro relativamente perto do estádio do 1º de Maio e debaixo de uma chuva ligeira lá fui buscar o dorsal, felizmente não havia fila e despachei-me rápido.

Já com o aquecimento feito e quanto faltavam cerca de 5 minutos para a partida começa a chover, ora bem, eu gosto de correr a chuva, mas quando se está parado torna-se desagradável. Talvez por isso toda a gente ignorou a indicação de “vão ser dados 4 tiros de partida, devem sair só ao 4”. Assim que se ouviu o primeiro desatou tudo a correr.

Depois de meia volta na pista do estádio saímos finalmente para a estrada onde encontrei o Nuno Silva, fui com ele durante um bocado, mas como ia um pouco mais rápido acabei por seguir sozinho.

Já na Av. do Brasil reparei que à minha frente corria uma colega blogger, acelerei um bocadinho para a apanhar e apresentei-me à Ana Pereira do blog Maria Sem Frio Nem Casa, com ela seguia a Eugénia do blog Diário de treinos-horticasa, o nosso ritmo era muito semelhante e acabei por seguir na conversa com elas.

Acompanhados pela chuva entrámos no circuito dos túneis, como estava tudo molhado, e bem molhado, tentei abrandar um bocado nas descidas para não transformar a prova de corrida em “prova de escorregar pela estrada abaixo”, correu bem e rapidamente chegámos ao Saldanha onde a chuva parou.

O ritmo foi aumentado durante a descida que deveria ir até à Praça do Comércio mas este ano trocaram-nos as voltas e por causa das obras (penso eu) fomos obrigados a virar para trás logo na Rua de São Julião. Julgo que foi este desvio no percurso previsto que acabou por fazer com que o meu relógio marca-se menos 400 metros que os 15Km previstos.

De qualquer forma aproveitei o ligeiro inclinar da estrada na Rua da Prata para tomar o gel que tinha levado de casa, a Almirante Reis estava quase ali e queria recuperar algumas forças antes da longa subida. Inevitavelmente o ritmo diminuiu mas mesmo assim continuávamos a andar bem. Ao passar pela Alameda imensa gente assistia e aplaudia os atletas, deve ter das provas em que participei aquela em que vi mais gente a aplaudir. Obrigado pessoas que aplaudem os corredores, dá-nos uma grande motivação passar por gente assim e ouvir o vosso incentivo.

Continuando, finalmente chegámos à rotunda do Areeiro, onde ao contrário do ano passado não demos a volta (menos uns metros para os 15000 finais). Daqui até à meta faltavam apenas 3Km e era tudo a direito, voltámos a acelerar um bocado e já a custar um bocado lá aguentei. Obrigado Eugénia, obrigado Ana, se não fosse com companhia tinham sido 3 Km finais muito custosos. À chegada ao estádio novamente muitos aplausos de colegas que já tinham terminado a prova e ainda consegui vislumbrar o Pedro do blog Correr (a dois) é Vicio.

Acabámos os 3 a prova ao mesmo tempo, tal como a fizemos praticamente toda. Tinha dito no post de antevisão “Quanto à minha prova, a apenas 4 dias da Meia Maratona de Areia vou encarar esta participação mais como um treino” pois… um treino disse eu, graças à excelente companhia fiz toda a prova a um ritmo bem rápido e praticamente nem dei pela prova passar, ok vá os ultimos 3km custaram um bocadinho mas a satisfação de acabar compensa tudo.

É verdade falta falar do menos importante, o tempo final 1:27:14, extrapolando este tempo em 14.64Km para 15Km daria 1:28:18, comparando com os 1:34:49 do ano passado tirei cerca de 6 minutos e meio, é bastante bom🙂

Próxima Prova: IV Meia Maratona da Areia

Dados Garmin

  • Distancia – 14.64  Km
  • Tempo – 1:27:14
  • Ritmo Médio – 5:57 min/km
  • BPM Médio – 174
  • Calorias – 1179

——————————————————————–

Tracking: Tracking Corrida do 1º de Maio 2012

Classificação Oficial: 1281 / 1442 (Tempo Oficial – 1:27:53)

Classificações: (ficheiros pdf)

Fotos: 

2 thoughts on “31ª Corrida do 1º de Maio

  1. Claro que foi muito bom!

    E sim, a companhia ajudou a todos acho eu! Também eu fiz a prova a sentir-me sempre muito bem! Obrigada a ti também.

    E falas nos aplausos, é verdade, houve alguns, e sabem muito bem, mas correr em Lisboa, é correr num deserto. imagina os 42.195 metros…

    Há provas, como as Milhas do Guadiana, em que parte é feita em Portugal e parte em ESpanha, e é INCRÍVEL a diferença do público! Absolutamente incrível! Basta passar a fronteira! Uma mentalidade totalmente diferente da nossa! O Português é tímido, desvaloriza o corredor de pelotão e muitas vezes era melhor estar calado, tendo em conta as bocas que já ouvi, tipo “vai para casa”, “ai…coitada desta!”, “vai mas é trabalhar” e outros mimos… As coisas vão mudando e já há público que nos anima e incentiva, mas a mudança é tãaao lenta.

    Gostei de te conhecer, e de correr contigo!

    Desejo-te desde já uma Boa Meia Maratona para domingo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s