VI Corrida de São Domingos de Benfica

Depois de no ano anterior ter tido uma má experiência nesta prova estava com vontade de lá regressar e fazer o contrário. Acontece que em 2013 a Corrida de São Domingos de Benfica fazia parte dos Campeonatos Nacionais de Estrada e passou de 10 para 15Km.

Encarei o desafio dos 15Km com vontade e no dia da prova sentia-me capaz de pelo menos correr os 15 Km sem parar. O tempo não era o principal objectivo.

Quando acordei no dia da prova estava frio e tempo de chuva e acabei por ficar um bocado para o indeciso sobre que equipamento levar. (Nunca sei bem o que equipar nos treinos com frio e chuva). Camisola mais quente para o frio? Mas depois é mais grossa e se chove durante os 15 Km é capaz de ser desconfortável e tornar-se pesada, várias camadas de camisolas mais finas? Enfim… Acabei por deixar a camisola mais quente em casa e acabou por nem resultar mal.

Chegado a Lisboa vou levantar o dorsal e encontro-me com o João e o Nelson que já estavam por lá. Depois de alguma luta entre a camisola e o dorsal, lá acabei por o conseguir colocar, nitidamente tenho de treinar o por o dorsal com a camisola já vestida.

Durante o aquecimento e entre várias conversas passámos por um senhor que se torna conhecido por aparecer sempre na primeira fila de todas as provas com uma bandeira de Portugal. Sendo uma prova do campeonato nacional tive duvidas que conseguisse fazer o mesmo mas… vejam lá se descobrem o “Wally”

Partida_2

Ainda a propósito deste tema o João Lima fez um excelente post que vale a pena ler.

Sem saber bem que estratégia adoptar para fazer 15 Km, acabei por decidir seguir a um ritmo que fosse confortável e que desse para aguentar a prova toda. O inicio foi tal como o ano passado, uma voltinha em Sete Rios e passagem pela meta, para depois se seguir na direcção da Praça de Espanha, quase ao chegar lá, toda a inverter o sentido na mesma avenida. Estas inversões de sentido foram prática recorrente na prova deste ano…

Aproveitando o embalo inicial os 3 primeiros Km foram feitos a um ritmo ligeiramente abaixo dos 6 min /km, para depois aumentar um bocado e estabilizarem perto dos 6:15 o resto da prova. Ao passar novamente na zona de Sete Rios começamos a apanhar chuva, foi um pouco forte mas acabou por durar pouco tempo, deu apenas para refrescar.

SDomingBenfica2013_Ritmo

Depois da passagem por Sete Rios fomos na direcção do que seria a parte mais chata de toda a prova – a interminável recta que tivemos de fazer por 3 vezes e meia.

Em relação a esta parte não tenho grande história para contar, o mais interessante foi que pouco depois de ter entrado nesta zona, começam a passar motas e o carro com as horas. Lá nos chegámos para o lado para deixar os primeiros a passar. É que enquanto iamos a passar no Km 5 já eles iam no 10. É impressionante o andamento que os atletas da elite levam.

Ao longo dos quilómetros seguintes fomos sendo constantemente passados por mais atletas.

No treino longo para esta prova tinha ido a sentir-me bem até ao Km 12 para depois ter uma quebra muito grande do 12 ao 13. Estava com receio que o mesmo pudesse  acontecer e claro que aconteceu, o Km 13 e 14 foram os mais complicados. Entretanto acabei por recuperar um bocadinho o que permitiu cortar a meta com um bom tempo de 1h e 32 minutos.

Conclusão:

Depois de uma péssima prova no ano anterior, esta até que acabou por correr bastante bem. Não foi uma prova para bater records mas sim para ver como está o corpo em distâncias mais longas já que no fim de Janeiro é o fim da Europa e os seus 17Km.

Em relação à organização, foi eficaz como é habito na Xistarca. O percurso é que foi péssimo, qual a necessidade de passar 3 vezes no mesmo sitio e com montes de atletas constantemente a cruzarem-se na mesma estrada?

Detalhes da Prova:

SDomingBenfica2013_Resumo Tracking – VI Corrida de São Domingos de Benfica
Classificação Oficial – 829 / 924
Tempo Oficial – 1:32:55
Tempo Chip – N/A
Tempo Ano Anterior – N/A (foi em 10 Km)

Classificações

Fotografias

3 thoughts on “VI Corrida de São Domingos de Benfica

  1. Olá João. Parabéns! Foi um bom tempo, sobretudo tendo em conta a monotonia da prova, da qual toda a gente se queixou.
    Estou a ver que eu era a única que ainda nunca tinha reparado no “cromo de corrida”!🙂 Realmente…

    Olha, eu ponho sempre o dorsal com a t-shirt posta!🙂 Nem sempre fica direitinho, mas habituei-me assim.

    Bjs e boas corridas, dia 27 lá estamos para a grande prova!

    • Eu começo a por o dorsal mas depois de 2 alfinetes vejo que ou está todo torto ou sem estar minimamente esticado lol. Dia 27 é a primeira grande prova do ano vai ser giro🙂

      Beijinhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s