The Road so far…

Depois de uma grande ausência do blog, e também da estrada, acho que está na altura de fazer um ponto de situação.

Desmotivei um bocado no final da época, tanto com a corrida como com o escrever no blog. A desmotivação acabou por atingir o ponto mais alto na corrida do Destak onde pela primeira vez acordei e fui para o local da partida sem vontade de participar / correr.

Desde essa altura fui correndo de forma muito esporádica e com o Casamento e Lua de Mel em Outubro os treinos pararam por completo.

Já a viver em Lisboa e com novas rotinas a serem criadas decidi também recomeçar a treinar de forma mais regular (algo que nunca consegui fazer).

Para já posso dizer que Novembro está a correr bastante bem e que estou novamente motivado, mas mais pormenores virão num outro post. Para já é altura de por alguns posts em dia.

Para começar e tendo em conta esta paragem maior que fiz em Outubro acho que é uma boa altura para fazer o balanço do que tem sido a minha vida como corredor desde que comecei.

Epocas

O conceito de Época é um bocado relativo, para esta análise escolhi acabar cada época antes do período de maior paragem em cada ano.

Como comecei a correr em Janeiro de 2011 a primeira época foi a mais curta de todas. Por oposição a esta ultima que devido á preparação para a Meia das Lampas só a dei por concluída no inicio de Outubro.

Como facilmente se nota a tendência tem sido aumentar época a época o número de treinos, de provas e consequentemente de quilómetros. A ideia para o futuro passa por aumentar os quilómetros e os treinos mas talvez reduzir um pouco o número de provas. Não que não goste de participar mas começo a achar que talvez faça muitas provas iguais quando podia fazer treinos que me dão mais gozo (mais sobre isso num próximo post).

Passando para uma análise anual as coisas mudam de figura:

Totais

Se a tendência entre épocas era subir, aqui a tendência tem sido descer, pelo menos de 2011 para 2012. Não sei explicar o porquê desta redução no 2º ano, mas espero em 2013 ainda chegar a números próximos de 2011 pelo menos do que diz respeito aos Km’s, faltam 130 Km’s vai ser complicado mas vamos a ver.Grafico

Como se percebe pelo gráfico acima o primeiro ano de corridas foi nitidamente o melhor, em 2012 com menos 17 actividades fiz também menos cerca de 100 Km.

Apesar da paragem em Outubro 2013 não está a ser mau e com 99% de certeza que passarei os numero de 2012 com uma curiosidade. Tenho quase o mesmo numero de Km’s em menos quase 20 treinos. Parece que os tenho feito treinos mais longos do que fiz em 2012.

ActividadesEm relação à distribuição entre provas e treinos, a tendência é a mesma que para os outros indicadores. Mais uma vez espero manter / diminuir o numero de provas e aumentar o de treinos.

Este post já vai longo e com tabelas / gráficos / números a mais por isso vou ficar por aqui. Talvez faça mais tarde uma análise aos tempos das provas ao longo destes anos a ver se retiro alguma coisa interessante dai.

Para já o que importa é que regressei aos treinos e estou a gostar🙂

3 thoughts on “The Road so far…

  1. Força João!
    Há alturas assim. O importante é que deste a volta por cima e estás novamente motivado e cheio de força.
    Estou curiosa para saber mais sobre esses treinos😉
    Beijinhos e bons treinos!

  2. És o homem dos gráficos!🙂 Mas assim, realmente, torna-se mais fácil verificar a evolução.
    Tiveste um merecido descanso, agora voltas a entrar no ritmo.
    Bom regresso!
    Beijinhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s