1ª Corrida da Cruz Vermelha

Domingo dia 2 de Outubro foi um dia em cheio para quem gosta de correr, como uma corrida em Lisboa não era suficiente havia 2 no mesmo dia, a Corrida da Água com passagem pelo Aqueduto e a Corrida da Cruz Vermelha, tendo eu optado por fazer esta última.

Com a inscrição feita dirigi-me Sábado ao local da Partida para levantar o dorsal e tenho uma surpresa, ao contrário do que é costume, os dorsais não tinham o número em grande mas sim o nome do atleta, quase que parecia que era um atleta profissional (falta “só” o ter pernas).

A partida foi dada as 10:45, na minha opinião uma hora  já um pouco tarde para o calor que se fazia sentir. Sabia que os primeiros quilómetros seriam a descer e tentei não entrar em grandes loucuras para depois não dar o estoiro quando no final tivesse de voltar a subir para a meta, por isso lá fui eu controlando o ritmo nos quilómetros, primeiro a descer uma Rua Lateral do Parque Eduardo VII e depois a sempre bela Avenida da Liberdade, passagem pelos Restauradores e toca a seguir pela Rua Áurea onde estavam as únicas pessoas que vi a aplaudir os atletas em todo o percurso: 2 crianças que batiam palmas e gritavam “força” a todos os que passavam🙂

Mais a frente já depois do Terreiro do Paço estava o 1º abastecimento, julgo que antecipado devido ao muito calor que se fazia sentir. Foi altura de beber um pouco de água e continuar pela 24 de Julho fora até ao ponto de viragem onde estava colocado, e bem, um tapete para controlar os chips dos atletas. Era altura de regressar e passar pelo mesmo abastecimento que entregava águas para os dois lados da estrada.

Ao começar a subir a Rua da Prata (nunca me tinha apercebido mas é mesmo a subir) o meu ritmo começou a cair e comecei a tentar gerir o esforço para aguentar os 2 últimos quilómetros que seriam os mais puxados. Felizmente consegui fazê-lo bem e apesar de ter custado a ultrapassar a Av. da Liberdade e logo a seguir a ainda mais inclinada Alameda Edgar Cardoso, não precisei de parar e ainda consegui acelerar nos metros finais para acabar numa espécie de Sprint lento.

Após a meta havia logo alguém a entregar uma garrafa de água sem ser necessário esperar pelo típico saco, e depois uns voluntários muito prestáveis a oferecerem-se para ajudar a tirar o chip dos ténis dos atletas.

Em jeito de conclusão tenho de dar os parabéns a Cruz Vermelha  pela excelente iniciativa, julgo que correu tudo bastante bem, e gostei bastante da prova e organização. Claro que há sempre lugar a pequenas melhorias como por exemplo separação na partida da Caminha e da Corrida para evitar os atropelos e tentar começar a corrida mais cedo (entretanto li no facebook a organização a dizer que as 10:45 foi a única hora que tiveram autorização para fazer a corrida).

Dados Garmin

  • Distancia – 09.82 Km
  • Tempo – 01:02:56
  • Ritmo Médio – 06:21
  • BPM Médio – 174

——————————————————————–

Tracking: Tracking Corrida Cruz Vermelha

Classificação Oficial: 436 / 590

Classificações: Classificação Corrida Cruz Vermelha

Fotos: Fotos Corrida da Cruz Vermelha

One thought on “1ª Corrida da Cruz Vermelha

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s