What I Talk About When I Talk About Running

Apesar de já ter ouvido falar bem do Murakami ainda não me tinha dado para ler nada dele. Entretanto descobri que o senhor também é corredor e que um dos seus livros era uma espécie de auto-biografia enquanto escritor / corredor, foi o que bastou para arranjar o livro e começar a ler.

O livro é pequenino e não senti que fosse muito complicado de ler, no entanto não foi um livro que me deixasse muito entusiasmado enquanto o lia.

Sendo uma auto-biografia é natural que o livro seja focado no autor, e isso era uma das coisas que estava à espera quando comecei a ler o livro, no entanto contava que fosse mais virado para a corrida do que para a parte da escrita.

Numa fase inicial o autor começa por descrever o inicio da sua carreira e o porquê de ter começado a correr. O livro vai mantendo a mesma lógica existindo sempre um paralelismo entre as corridas e a sua carreira como escritor.

Gostei bastante das partes em que Murakami descreve as motivações e o que lhe passa pela cabeça durante os treinos e provas, acabou por ser inevitável identificar-me com os pensamentos e sensações que ele ia descrevendo. No entanto apesar dessas partes do livro achei que o autor acabava por “dispersar” bastante acabando por me fazer perder o interesse e pousar o livro.
Ao contrário de um outro livro que acabei de ler à uns dias e sobre o qual farei um futuro post, não posso dizer que recomendaria a leitura deste livro. Não desgostei mas acabei por fazer um esforço para o acabar, gostei das descrições das corridas e treinos, mas achei aborrecida a parte dedicada à escrita. Compreendo que lá esteja dado que ele é escritor mas não me cativou por ai além.

 

Para mais informações sobre o livro e reviews como deve ser podem sempre ir aqui -> What I Talk About When I Talk About Running

Corrida da Universidade Católica – Data

Numa altura em que cada vez mais chegam noticias do cancelamento de provas, de vez em quando lá surge uma nova.

No âmbito das comemorações do 40º aniversário do 1º curso de Gestão em Portugal, lançado pela Universidade Católica Portuguesa, foi anunciada uma prova de corrida popular com 10 Km ou, numa versão mais curta, 5 Km.

Corrida da Universidade Católica

  • Data – 16 de Setembro 2012 às 10:00
  • Local – Lisboa, Universidade Católica Portuguesa
  • Distância
    • 10 Km
    • 5 Km (Caminhada)
  • Inscrição até 09 de Setembro
    • 10 €
    • 5€ Para Alunos
  • Inscrições após 09 de Setembro e até 11 de Setembro
    • 12 €

Para mais informações sobre a prova pode ser consultado o link colocado no cimo deste post.

Grande Prémio de Natal 2011 – Percurso

Realiza-se no próximo domingo dia 17 de Dezembro a edição de 2011 do Grande Prémio de Natal. Associado a este evento existem várias provas, 2Km ,2.5Km, caminhada de 4Km Prova aberta de 9Km e ainda algumas provas de marcha atlética.

A entrega de dorsais é feita a partir do dia 15 na Sportzone do Centro Comercial Colombo, no entanto os chips para a prova de 9Km é entregue apenas no dia da prova. No Domingo as provas começam em locais e a horas diferentes:

  • Infantis – 2Km
    • A partida será dada às 9:45 na Avenida Fontes Pereira de Melo (inserção com a Rua Tomaz Ribeiro)
  • Iniciados – 2,5 Km
    • A partida será dada às 10h na A. da Republica (esquina da Av. João Crisóstomo)
  • Juvenis e caminhada 4Km
    • A partida será dada às10:25 em “Entrecampos” (junto à porta principal da antiga Feira Popular)
  • Prova Aberta 9Km
    • A partida será dada às 10:50 na Praça Duque de Saldanha, no sentido do trânsito, em direcção ao Campo Grande

Para informações mais detalhadas sobre a prova podem consultar o respectivo site

Quanto à minha prova, não tenho treinado muito, para não dizer nada, desde a Meia Maratona, por isso estou indeciso entre 2 opções definir um objectivo ambicioso e fazer 45minutos ou então ir andando e logo se vê, provavelmente esta última será a escolhida.

Percurso – Percurso GP Natal 2011

Altimetria

Tempo

 

Boa prova para todos e até domingo

Meia Maratona de Lisboa 2011

Tal como relatei anteriormente, à partida para esta Meia Maratona estava com grandes expectativas e um pouco nervoso, apesar de ter treinado pouco nas ultimas duas semanas já andava à 2 meses a preparar esta prova e queria mesmo ter um bom resultado, como sempre tentei deixar tudo preparado de véspera e desta vez consegui não me esquecer de nada 🙂

Domingo de manhã acordei cedo e desta vez consegui comer com calma e ir para Lisboa com tempo para procurar um lugar de estacionamento junto da meta e esperar pelo resto da Squadra Running junto ao Metro de Alvalade. Durante o tempo que estive por lá deu para ver a passagem dos atletas da estafeta e da Maratona e aproveitar para aplaudir estes “malucos” que fazem os 42Km, o interessante foi que aos poucos o bichinho da maratona começava a aparecer em mim.

Chegadas as 9:45 apanhei o metro para o Cais do Sodré e depois foi só caminhar durante uns 5 minutos até ao local da partida onde encontrei o Eduardo aproveitando para conversar um pouco e fazer um curto aquecimento ao longo do qual encontrei o Paulo Pires que já tinha vindo a correr desde Alvalade e o Carlos Neves.

A hora da partida aproximava-se e as 10:30 lá arrancámos todos em grande festa na direcção de Algés. Rapidamente deixei de ver o Eduardo que ia fortíssimo e a caminho de um novo record pessoal, e também o Bruno Marques que começou mais rápido do que o ritmo que eu tinha planeado – 6:20 min/km pois estava com receio de puxar muito no inicio e depois estoirar na Almirante Reis.

Poucos metros após a partida olho para o lado e vejo o colega blogger do – De Trás Pra Frente aproveitei para meter conversa e assim arranjar companhia seguimos a um bom ritmo até ao ponto de retorno onde o João acabou por acelerar e ir-se embora para tentar cumprir o objectivo dele. Eu ia a sentir-me bastante bem e continuei sempre abaixo dos 6:20 min/km que tinha planeado, apesar disso aproveitei a água de um abastecimento para ingerir um pouco de um gel que tinha levado e uns quilómetros  mais a frente fui presenteado com um abastecimento inesperado, infelizmente mosquitos ou moscas ou lá o que era não são a minha preferência em termos alimentares e por isso não foi uma experiência muito agradável.

Os quilómetros iam passando e visto na zona onde estávamos o percurso da meia maratona ser o mesmo da maratona dava para ver e passar pelos atletas de ambas as provas, o que fez com que a certa altura me cruzasse com o José Magro que estava a fazer a Maratona tendo ainda dado para  uns gritos de incentivo de ambos os lados =)

Com tudo isto aproximava-me rapidamente do Terreiro do Paço onde ia começar a parte mais complicada da prova, a partir desta altura começava a estar mais gente na beira da estrada, os estrangeiros que andavam por Lisboa aplaudiam entusiasticamente todos os atletas e alguns portugueses lá se davam ao trabalho de bater palmas a quem passava…

A meio da Rua da Prata ingeri um gel para me preparar para a temível subida da Almirante Reis, o ritmo caiu um pouco mas mesmo assim e surpreendentemente sentia-me bem pouco cansado e ainda com bastante energia o único problema começavam a ser as costas que durante toda a subida me incomodaram. A meio da subida olho para a beira da estrada e parece-me ver uma cara conhecida a aplaudir os atletas à medida que me aproximei vi que eram os amigos Catarina e Miguel Duarte foi altura de chegar a berma, esticar o braço para um high 5 e continuar a correr ainda mais motivado. Chegado lá acima fiquei com a ideia que a subida de “temível” não teve nada, sim é durinha por ser bastante longa mas estava à espera de me dar pior.

No cimo da alameda tempo para mais uma garrafa de água meio cubo de marmelada e toca a acelerar para a meta já com a convicção que ia fazer um excelente tempo, o percurso agora era fácil e ainda tinha energia para acelerar e fazer os últimos 2 quilómetros mais rápidos.

Aproximei-me rapidamente do Estádio do 1º de Maio, ainda consegui “sorrir” (sim era um sorriso apesar parecer que vou cheio de dores) para o Paulo Pires que já tinha terminado e estava a tirar fotografias, sprint final e acabo com tempo oficial de 2:11:43. Sentia-me excelente, extremamente feliz, contente, satisfeito, enfim de tudo um pouco. Tinha cumprido não só o objectivo de terminar a prova sem parar de correr mas também o de fazer abaixo das 2:15 e melhor ainda tinha tirado cerca de 11 minutos ao meu anterior record.

Não podia ter ficado mais satisfeito com esta prova, foi um dia perfeito onde tudo  correu bem, o tempo estava excelente para correr, a tosse das ultimas semanas não apareceu e senti-me bem fisicamente durante todo o percurso. Vai ser uma prova a repetir para o próximo ano, a não ser que o bichinho da maratona continue a crescer até eu fazer a loucura de me inscrever na Maratona, de qualquer forma ainda falta 1 ano e tenho muito tempo e muitas provas para fazer até lá.

Só uma nota para a organização da prova, eu sei que fui levantar o dorsal já muito tarde (faltava 1hora para o fim das entregas) mas fiquei desapontado por já só haver camisola tamanho XL. Porque não perguntar o tamanho da camisola no acto da inscrição? assim seriam mais fácil gerir quantas camisolas para cada tamanho é preciso fazer.

Dados Garmin

  • Distancia – 21.15 Km
  • Tempo – 2:10:28
  • Ritmo Médio – 6:10 min/km
  • BPM Médio – 166
  • Calorias – 1635

——————————————————————–

Tracking: Tracking Meia Maratona de Lisboa 2011

Classificação Oficial: 1262 / 1510 (Tempo Oficial 2:11:43)

Classificações:

Fotos: 

Calendário de Provas 2012

Estamos a chegar ao final do ano é está na altura de começar a procurar provas para o inicio de 2012. Em Janeiro fará 1 ano que comecei a correr e como tal algumas provas serão repetições  deste ano o que vai ser interessante para comparar a minha evolução, outras serão estreias.

Até ao final do ano vou participar nas seguintes provas:

 

Para 2012 em princípio a 1ª Prova será o Grande Prémio Fim da Europa, faço questão de experimentar esta prova e comprovar se é realmente a prova mais bonita como todos dizem. Em relação ao resto do ano, apesar de haver ainda imensas provas com realização e data incerta, podem ver o plano aqui: Calendário de Provas 2012.

 

À medida que forem sendo confirmadas datas ou marcadas novas provas o calendário vai sendo actualizado

Balanço de Novembro

Novembro foi o mês dos treinos longos, acabei por não treinar tanto quanto queria e os sacrificados foram os treinos de séries, mas sobre o plano de treinos para a Meia Maratona falarei mais em detalhe num outro post.

Ao contrário do que tinha previsto inicialmente acabei por fazer uma prova este mês: 1ª Corrida da Ajuda onde até consegui um resultado bastante agradável.

Nº Treinos: 6 treinos + 1 provas

Distância: 72.91 Km

Tempo: 7:44:52

Ritmo Médio: 6:23  min/km

BPM Médio: 162

Calorias: 5808

Peso: 80.2 Kg

Meia Maratona de Lisboa – Percurso

Realiza-se no próximo Domingo pelas 10:30 a Meia Maratona de Lisboa, prova que decorre ao mesmo tempo que a Maratona. Os atletas vão percorrer 21Km em Lisboa começando na Avenida 24 de Julho seguindo em direcção a Algés onde está localizado o ponto de retorno. Com cerca de 7Km nas pernas voltamos então para trás  até à Praça do Comércio onde viramos para dentro da cidade seguindo em direcção a Avenida Almirante Reis para chegarmos à meta no Estádio 1º de Maio.

A prova tem organização da Xistarca que publicou a uns dias algumas informações úteis sobre o levantamento dos dorsais e como chegar ao local da Partida

Quanto à minha prova por um lado estou confiante, fiz uma preparação melhor que para a Meia Maratona da Vasco da Gama e fiz uma serie de treinos longos, sendo o mais longo de 18Km. Por outro lado tenho estado com tosse na ultima semana e meia, o que juntando a alguma falta de vontade fez com que os treinos fossem quase zero!

O grande objectivo é sem duvida acabar a prova sem parar de correr, já o consegui fazer na meia dos palácios que era bem dura, quero conseguir fazer o mesmo agora. Como objectivo secundário queria acabar a prova em 2:15, sei que é demasiado ambicioso, são 15 minutos a menos que o meu melhor tempo (2:30 na Meia dos Palácios) mas se me estiver a sentir bem… logo se vê 🙂

Percurso – Meia Maratona de Lisboa


Altimetria

Previsão metereológica